Ask me anything   Warning, nem todos os posts expostos aqui são escritos por mim.

A verdade é que, só volta pra você, aquilo que realmente nunca quis partir.

A verdade é que, só volta pra você, aquilo que realmente nunca quis partir.

— 10 hours ago with 11 notes
Pelo menos alguma coisa eu devo ter feito certo. Porque tenho certeza que você vai lembrar de mim, ainda que não queira.

Pelo menos alguma coisa eu devo ter feito certo. Porque tenho certeza que você vai lembrar de mim, ainda que não queira.

— 1 day ago with 16 notes
Nunca desista das coisas que fazem você sorrir.

Nunca desista das coisas que fazem você sorrir.

— 2 days ago with 14 notes

Você queria tudo rápido demais. Eu só podia te oferecer o pé, mas você queria a perna inteira. E eu te daria as duas pernas se preciso fosse. O problema era que você não merecia. Não ainda. Eu falava em jantar no próximo sábado, enquanto você planejava o nosso casamento. As coisas não são assim. Dê tempo ao tempo que eu me dou a você, quem sabe. Não pula o presente e vai logo pro futuro. Eu ainda quero viver o hoje. Talvez, quem sabe, possamos pensar - juntos - em algo além do próximo mês. Uma viagem, quem sabe? Mas você fala em filhos. E em empregada pra nossa casa. Meu Deus, você fala em casa. E eu continuo aqui, querendo saber quando vou receber o meu próximo salario, apenas. Nós poderíamos dar certo se você não corresse nos trilhos. Não te falaram que andar neles é mais cuidadoso? Eu não quero cair. Você também não. Então, pra que escrever de caneta algo que podemos começar à lápis? Vamos com calma. Inspire ar para os pulmões. Agora, expire. Viu? Tudo no seu tempo e nós no nosso. É simples. É a regra. É a lei da vida: você quer e pode ter, basta merecer. Enquanto você praticamente gritava nas entrelinhas “me ama, porra” eu respondia no mesmo alto e bom som: “então me cativa.”Você queria tudo rápido demais. Eu só podia te oferecer o pé, mas você queria a perna inteira. E eu te daria as duas pernas se preciso fosse. O problema era que você não merecia. Não ainda. Eu falava em jantar no próximo sábado, enquanto você planejava o nosso casamento. As coisas não são assim. Dê tempo ao tempo que eu me dou a você, quem sabe. Não pula o presente e vai logo pro futuro. Eu ainda quero viver o hoje. Talvez, quem sabe, possamos pensar - juntos - em algo além do próximo mês. Uma viagem, quem sabe? Mas você fala em filhos. E em empregada pra nossa casa. Meu Deus, você fala em casa. E eu continuo aqui, querendo saber quando vou receber o meu próximo salario, apenas. Nós poderíamos dar certo se você não corresse nos trilhos. Não te falaram que andar neles é mais cuidadoso? Eu não quero cair. Você também não. Então, pra que escrever de caneta algo que podemos começar à lápis? Vamos com calma. Inspire ar para os pulmões. Agora, expire. Viu? Tudo no seu tempo e nós no nosso. É simples. É a regra. É a lei da vida: você quer e pode ter, basta merecer.

Você queria tudo rápido demais. Eu só podia te oferecer o pé, mas você queria a perna inteira. E eu te daria as duas pernas se preciso fosse. O problema era que você não merecia. Não ainda. Eu falava em jantar no próximo sábado, enquanto você planejava o nosso casamento. As coisas não são assim. Dê tempo ao tempo que eu me dou a você, quem sabe. Não pula o presente e vai logo pro futuro. Eu ainda quero viver o hoje. Talvez, quem sabe, possamos pensar - juntos - em algo além do próximo mês. Uma viagem, quem sabe? Mas você fala em filhos. E em empregada pra nossa casa. Meu Deus, você fala em casa. E eu continuo aqui, querendo saber quando vou receber o meu próximo salario, apenas. Nós poderíamos dar certo se você não corresse nos trilhos. Não te falaram que andar neles é mais cuidadoso? Eu não quero cair. Você também não. Então, pra que escrever de caneta algo que podemos começar à lápis? Vamos com calma. Inspire ar para os pulmões. Agora, expire. Viu? Tudo no seu tempo e nós no nosso. É simples. É a regra. É a lei da vida: você quer e pode ter, basta merecer. Enquanto você praticamente gritava nas entrelinhas “me ama, porra” eu respondia no mesmo alto e bom som: “então me cativa.”Você queria tudo rápido demais. Eu só podia te oferecer o pé, mas você queria a perna inteira. E eu te daria as duas pernas se preciso fosse. O problema era que você não merecia. Não ainda. Eu falava em jantar no próximo sábado, enquanto você planejava o nosso casamento. As coisas não são assim. Dê tempo ao tempo que eu me dou a você, quem sabe. Não pula o presente e vai logo pro futuro. Eu ainda quero viver o hoje. Talvez, quem sabe, possamos pensar - juntos - em algo além do próximo mês. Uma viagem, quem sabe? Mas você fala em filhos. E em empregada pra nossa casa. Meu Deus, você fala em casa. E eu continuo aqui, querendo saber quando vou receber o meu próximo salario, apenas. Nós poderíamos dar certo se você não corresse nos trilhos. Não te falaram que andar neles é mais cuidadoso? Eu não quero cair. Você também não. Então, pra que escrever de caneta algo que podemos começar à lápis? Vamos com calma. Inspire ar para os pulmões. Agora, expire. Viu? Tudo no seu tempo e nós no nosso. É simples. É a regra. É a lei da vida: você quer e pode ter, basta merecer.

— 3 days ago with 10 notes
Mais amor por favor.

Mais amor por favor.

— 4 days ago with 7 notes
Quanto a história se repete, preste atenção. Há uma lição que você precisa aprender, que talvez você ignorou na primeira vez.

Quanto a história se repete, preste atenção. Há uma lição que você precisa aprender, que talvez você ignorou na primeira vez.

— 5 days ago with 16 notes
É bom quando alguém significa alguma coisa pra você.

É bom quando alguém significa alguma coisa pra você.

— 6 days ago with 16 notes
Ele pode estar olhando tuas fotos neste exato momento. Por que não? Passou-se muito tempo, detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça as mesmas coisas que você faz escondida, sem deixar rastro nem pistas. Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E, ainda assim, preferir o silêncio. Ele pode reler teus bilhetes, procurar o teu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as tuas músicas, procurar a tua voz em outras vozes. Quem nos faz falta, acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape. Talvez, ele perceba que você faz falta e diferença, de alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez, ele volte. Ou não.

Ele pode estar olhando tuas fotos neste exato momento. Por que não? Passou-se muito tempo, detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça as mesmas coisas que você faz escondida, sem deixar rastro nem pistas. Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E, ainda assim, preferir o silêncio. Ele pode reler teus bilhetes, procurar o teu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as tuas músicas, procurar a tua voz em outras vozes. Quem nos faz falta, acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape. Talvez, ele perceba que você faz falta e diferença, de alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez, ele volte. Ou não.

— 1 week ago with 17 notes
Como podes odiar todas as rosas só porque uma te espetou?

Como podes odiar todas as rosas só porque uma te espetou?

— 1 week ago with 4 notes
Todo amor verdadeiro é uma história de longa espera.

Todo amor verdadeiro é uma história de longa espera.

— 2 weeks ago with 9 notes
Não se preocupa, a gente se encontra. Seja em um bar daqui a uma semana, uma festa daqui um mês ou em uma loja daqui a vinte anos.

Não se preocupa, a gente se encontra. Seja em um bar daqui a uma semana, uma festa daqui um mês ou em uma loja daqui a vinte anos.

— 2 weeks ago with 23 notes
Que a gente tenha tudo o que precisa para ser feliz, mas que saibamos ser feliz com bem pouco.

Que a gente tenha tudo o que precisa para ser feliz, mas que saibamos ser feliz com bem pouco.

— 2 weeks ago with 12 notes
Quem sabe um dia, por descuido ou por poesia você goste de ficar.

Quem sabe um dia, por descuido ou por poesia você goste de ficar.

— 3 weeks ago with 10 notes